Quem sou eu e o que este blog.

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Uns passinhos para trás, e faça a foto

Como já falei, leigos fotografam de perto, pois muitos não usam o zoom da câmera, e como a câmera liga com a lente em grande angular, eles fotografam de perto.

Mas já pensaram na distorção? Já repararam a distorção?

Bem de perto, com 18.3 mm.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Alguns minutos com uma Nikon D600

No Paraty em foco eu pude pegar uma Nikon D600, e até testá-la, com uma lente 85mm F1.4 D, e um pouquinho com uma lente 12-24mm. Gostei muito da câmera, muito ágil, boa qualidade de imagem etc.

Foi um teste rápido, sem poder salvar imagens, pois a câmera estava no modo demo. Mas a impressão foi muito boa.


terça-feira, 2 de outubro de 2012

Mais um concurso furada? Caso Metro Photo Challenge

Ontem de noite vi um jornal, o Metro de 01/10/2012 (edição de ontem mesmo) anunciando um concurso de fotografia em parceria com a Nikon. Ele indicava um site. Resolvi dar uma olhada no regulamento.

Algumas coisas que vi não me agradaram.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

O equipamento não faz diferença. Não é bem assim.

Já ouvi falar muito que a câmera não faz diferença, e sim, o fotógrafo. Mas a coisa não é bem assim. A câmera faz muita diferença, mas realmente só é para melhor na mão de quem sabe aproveitar a câmera, o equipamento, e por vezes as limitações deles. Caso contrário, um equipamento com muitos recursos pode dar resultados piores em mãos inexperientes.

Aqui o panning foi meio por necessidade. Quando fiz a medição vi que o tempo de exposição era longo demais (1/5s) para congelar os movimentos que aconteciam, então decidi pelo panning. Eu estava lidando com a limitação do equipamento, limitação de tempo para reconfigurar a câmera (aumentar o ISO, por exemplo), e mais a situação que acontecia na minha frente. Logo o andor entraria na igreja e terminaria a chance de fotografar o símbolo da procissão. Existia a necessidade de agir rapidamente. A solução foi fazer panning, acompanhar o andor, e fazer a foto. ISO 400, 1/5s, F2.8, câmera Panasonic Lumix FZ28. Acima do ISO 400 o nível de ruído sobe muito nesta câmera.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Fotometria básica, consequências e o papel do fotógrafo

O que é fotometria? A palavra significa basicamente medição da luz. Toda cena tem um valor de fotometria, mesmo que seja a superfície do sol (absurdamente alto) ao mais negro buraco negro (que deve ser zero, mas tem). Claro que fotógrafos não lidam com os casos extremos citados acima, mas lidam com cenas, naturalmente ou artificialmente iluminadas, tendo ou não controle sobre esta iluminação.

A medição da luz é que vai ditar um ponto para se equilibrar os parâmetros de exposição: sensibilidade do filme/sensor, abertura e tempo de exposição.

Mas o que são estes parâmetros? Quais são as consequências de cada um deles? Como escolher os valores de cada um deles? E qual é o papel do fotógrafo nisto.

domingo, 19 de agosto de 2012

V Gnugraf, fotos avulsas

O Gnugraf é um evento de Software Livre destinado às áreas gráficas, fotografia, arquitetura, animação, jogos etc. O V Gnugraf aconteceu nos dias 17 e 18 de Agosto no CEFET-RJ. Mais detalhes no site do evento.

Uma das atrações fui eu, pois apresentei uma palestra e uma oficina de fotografia.

Canalhas e otários no Facebook

Sei que o título é ofensivo, e em parte é para ser, além de ser verdade.

Existem muitos canalhas espalhando mentiras, correntes, "Facebook ajuda se você compartilhar", criancinhas doentes etc, se aproveitando da compaixão das pessoas, falsas citações, e fazendo-as de otário. E as pessoas caem nisto, sendo otárias, ingênuas. Estes canalhas se aproveitam da ingenuidade das pessoas de diversas maneiras. Abaixo vou falar de algumas delas.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Alguém se lembra destes cabos?

Alguém se lembra dos cabos mostrados na imagem abaixo?


Esta foi a foto que ilustrou o meu artigo Um apelo à Oi e à Prefeitura de Paraty - RJ, de 20 de Fevereiro de 2011. Eles continuam lá (Isto se não foram tirados na última semana, coisa que duvido.).

Isto pode ser conferido nesta foto da tenda do JEWC 2012 tirada no dia 9 de Agosto. Ou seja, depois de quase 1 ano e meio depois do meu primeiro artigo.


Até hoje nenhuma resposta oficial da Telemar e nem da Prefeitura de Paraty. Só respostas informais da prefeitura.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

SOOC (direto da câmera) versus tratamento

A sigla em inglês SOOC significa "Straight Out Of Camera"' que traduz basicamente como "Direto da Câmera". Ela é usada para fotografias que saíram da câmera sem qualquer tratamento adicional. As fotos tiradas por câmeras compactas são tipicamente assim.

Luís Perequê, no show de encerramento da FLIP 2012. Um SOOC que passou por redução e colocação de logotipo.

Tem fotógrafos que fazem muito isto. Eu mesmo uso muitas fotos tal como saíram da câmera, sem tratar, pois costumo fotografar demais, e perderia muito tempo tratando. Então faço a melhor foto possível na hora, mas gravo também o raw para uma eventual edição posterior.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Colocou na Internet, virou público

Já ouvi esta besteira, que é usada especialmente por quem gosta de se aproveitar de material feito por outras pessoas para benefício próprio. Mas até que ponto isto está errado ou certo?

domingo, 22 de julho de 2012

Warley Back, o Pirata de Paraty que conquistou Copacabana

Faz alguns anos que conheço o personagem Warley Back, o Pirata de Paraty. Já fiz algumas fotos dele, sendo que a última foi na FLIP 2012, aproveitando a Lua Cheia.

Foto tirada na primeira noite da FLIP 2012, na margem do Rio Perequê-Açú, em Paraty.

Se não me engano, esta foi a última vez que o vi pessoalmente. Dias depois alguém perguntou por ele, pois a dias não o via. Eu respondi que também tinham alguns dias que também não o via.

Mas os ventos o tinham levado para outras praias...

domingo, 15 de julho de 2012

Concursos fotográficos trambiques

Existem concursos de fotografias que são sérios, bem feitos, com regras claras, respeitando o fotógrafo, com banca examinadora etc, mas infelizmente são a minoria.

Infelizmente a grande maioria dos concursos são trambiques ou golpes de marketing.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

FLIP 2012 - Fotos Avulsas

Como fui tirando várias fotos avulsas antes de começar a FLIP, resolvi continuar com mais algumas, e fazer um álbum delas.

Este álbum, e portanto este artigo, sofrerá mutações durante a FLIP 2012 e até um tempo depois dela.

Abaixo vai a apresentação de slides do álbum (Infelizmente exige a coisa brega do flash, mas espero que a Google resolva isto logo):



O álbum simples pode ser visto abaixo:

FLIP 2012 - Fotos Avulsas

terça-feira, 26 de junho de 2012

Quantos gênios e artistas se perderam?

Alguém já pensou quantos grandes artistas nunca foram reconhecidos, mesmo que tenham buscado o reconhecimento e viver da sua arte? E quantos nunca procuraram reconhecimento? E quantos só tinham a arte como hobby? Tem vezes que paro para pensar nisto, e faz algum tempo penso em escrever sobre isto.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Como é fácil menosprezar o trabalho dos outros

Existe muito desrespeito às profissões, ao trabalho dos outros. Pode ter alguma influência do tempo da inflação alta, e da ideologia e das propagandas daquela época de procurar o preço mais baixo. Ou será que sempre foi assim? As pessoas não valorizam a experiência, o estudo, e sim, o preço mais baixo, achar que podem elas mesmo fazer qualquer coisa.

Muita gente acha que as profissões dos outros são fáceis. Por exemplo:

  • O trabalho do dentista é só cavar um pouco o dente com uma broca, e depois tampar com uma pasta que endurece.
  • Para que vou contratar um arquiteto? Eu mesmo planejo tudo e construo.
  • O engenheiro vem depois para assinar o projeto da obra. Fulana faz a planta, o projeto, e indica quais paredes derrubar.
  • O trabalho do professor é fácil. É só copiar as coisas do livro para o quadro e pronto.
  • Para que vou pagar R$ 400.00 para um fotógrafo para fotografar a festa, se posso ir numa loja, comprar uma câmera pela metade do preço, pagando em 10 vezes sem juros, e ainda depois tenho a câmera? Ou "Só quero algumas fotos"? Ou "Só algumas fotos suas prestam."...

Tem muita gente que pensa assim. Mas é assim mesmo que funciona?

domingo, 10 de junho de 2012

Decoração da Festa do Divino de Paraty 2012

Na Festa do Divino decoram o Centro Histórico de Paraty. Aliás, como em várias outras festas. A decoração faz parte da festa.

Muitos rituais religiosos, de diversas religiões são bonitos, tem a sua estética. Faz parte da religião, e também é feito para atrair e manter os fiéis. Até a atividade de decorar, e depois desfazer a decoração, faz parte da atividade religiosa, ajuda a manter seu senso de união, de coletivo, pois é feito em grupo. O ser humano gosta de viver em coletividade.

Mas voltando à decoração, eu fiz vários passeios fotografando muitos dos detalhes da decoração. Um detalhe técnico destas fotos rendeu um artigo. A maioria delas, as que tem o céu, foi feita como descrito no artigo Filtro Polarizador X Céu. Como aqui o assunto são as fotos, vamos a elas.


sábado, 9 de junho de 2012

Corrigindo as cores na luz de um painel de LEDs

No outro dia fotografei um show do grupo Chama Maré na abertura da Festa do Divino em Paraty, mas a iluminação estava muito complicada. O pessoal de som e luz teve problema de elétrica (talvez de tempo também) e não puderam montar todas as luzes. Então a luz do show foi baseada em um conjunto de painéis de LEDs coloridos (teoricamente consomem menos energia elétrica), e faziam o branco acendendo todas as cores. Se leu o meu artigo sobre LEDs deve ter uma ideia do que pode acontecer.

Para piorar, o azul estava muito forte, e o vermelho muito fraco, tornando as imagens fortemente azuladas. A minha D90 não conseguiu entender a luz, errando feio o equilíbrio de branco. E pelo que pude ver na edição do exemplo que mostrarei aqui, acho que ela não tinha muitas chances.

A foto, tal como saiu da câmera.

O que fazer nestes casos?

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Bourbon Festival Paraty 2012 - Fotos

Como eu estava em Paraty, assisti ao Bourbon Festival Paraty 2012 (O site parece exigir flash player, coisa fora de moda e cafona. Não digo o conteúdo, que não consegui ver, e sim, exigir flash flash player está ficando cafona e brega.). Foi muito legal, e ajudando um amigo na cobertura consegui acesso aos bastidores também.


Este ano o palco principal, o Palco da Matriz, mudou de lugar, mas não foi para longe. Foi para praticamente o outro lado da praça, para um espaço maior, o estacionamento ao lado da Igreja Matriz.

Tiveram vários eventos mas acompanhei basicamente só o palco em frente da Igreja Santa Rita, o meu preferido, e o palco da que mencionei acima. Acompanhar tudo e fotografar é cansativo. Fora o trabalho de catalogar etc. Terminei a catalogação cerca de uma hora atrás (madrugada de terça-feira), e vou escolher as fotos conforme escrevo o artigo.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Repetitividade de qualidade de JPEG

Quando eu escrevia o artigo sobre "Por que trabalhar com TIFF, e não JPEG?" me bateu a curiosidade sobre repetitividade de qualidade de JPEG.

Vou usar a mesma foto usada nos artigos JPEG não é compactação e no "Por que trabalhar com TIFF, e não JPEG?", os quais recomendo lerem, especialmente o segundo pois vai ser necessário para entender este artigo.


Note: Este artigo é técnico com um certo grau de "nerdice", mas de leitura opcional (Pode ser bom para entender que o JPEG altera mesmo recodificando a mesma imagem usando o mesmo nível de qualidade.). Não precisa entender os scripts que vou colocar, mas eu tenho que colocar por questões de metodologia científica, para mostrar como fiz a experiência, e como pode ser reproduzida. Terão as conclusões de cada experimento, que poderão ser aceitas pelas evidências apresentadas, ou, em caso de dúvida, podem perguntar nos comentários, ou até mesmo tentar reproduzir a experiência.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

O pavor de câmeras e direito autoral e de intimidade

Nunca o mundo foi tão povoado de câmeras. Não é raro as pessoas terem mais de um dispositivo com câmera no bolso, ou na bolsa. Eu já cheguei a andar com uma câmera, e um Palm e dois celulares com câmeras na pochete. Tem celulares e tablets que tem duas câmeras. Tem celulares que tem câmeras de alta resolução, tal como o Nokia 808, com um sensor de 41 Mp.

Paradoxalmente, parece que nunca se teve tanto medo de ser fotografado. E quanto maior a câmera, mais pavor causa. Um exemplo foi a confusão, que era para ser originalmente um artigo sobre uma linda decoração de natal, que foi fotografar no Shopping Tijuca.

Então resolvi dar uma pesquisada nas leis.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Dia do Orgulho Nerd

Hoje é o Dia do Orgulho Nerd, e em homenagem estou publicando uma lista dos artigos do meu blog que tem um certo nível de nerdice, e alguns são muito importantes.

Se você não é nerd, continue lendo por sua conta e risco, mas se não ler pode vir a não aprender coisas importantes.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Sobre iluminação à LED

O LED (Light Emitting Diode, Diodo Emissor de Luz) (Wikipédia: em Português tem o básico, em Inglês é bem mais completo) é um componente eletrônico, um tipo de diodo, que emite luz quando submetido a uma corrente de uma certa forma.

Nota: Este artigo parece nerdice, e tem uma dose de nerdice, mas é muito importante para os fotógrafos e cinegrafistas entenderem a iluminação à LED.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Filtro polarizador X Céu

Nestes últimos dias, com um céu azul convidativo, não resisti, e usei um filtro polarizador nele.

Para quem não sabe, existem umas componentes na dispersão atmosférica que podem ser bloqueadas com um filtro polarizador simples, daqueles que giram a frente, tal como usei no artigo sobre fotografia de monitores LCD. Ajustando o polarizador pode-se retirar uma boa parte da luz do céu, dando novas nuances, e até destacando detalhes em nuvens.

Esta foto é um baita clichê, que já vi em fotos, em pinturas, cartões postais, azulejos e até em um desenho (muito bem feito) no Paint do Windows. Mas este meu clichê não ficou bonitinho?

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Por que trabalhar com TIFF, e não JPEG?

Muita gente trabalha com JPEG, salva arquivos intermediários em JPEG, depois carrega de novo e continua o trabalho. Quase ninguém sabe que isto é um erro. Mas por que?

Vou usar no teste a mesma foto usada no artigo JPEG não é compactação, que recomendo ler.


Note: Este artigo é técnico com um certo grau de "nerdice", mas de leitura necessária para muitos. Não precisa entender os scripts que vou colocar, mas eu tenho que colocar por questões de metodologia científica, para mostrar como fiz a experiência, e como pode ser reproduzida. Terão as conclusões de cada experimento, que poderão ser aceitas pelas evidências apresentadas, ou, em caso de dúvida, podem perguntar nos comentários, ou até mesmo tentar reproduzir a experiência.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Pensamentos sobre uma câmera digital P&B

Boa parte da história da fotografia foi em Preto e Branco, mesmo que a maioria das fotos feitas até hoje tenham sido Coloridas. Cada vez mais se fotografa no mundo, e quase sempre Colorido, e assim a quantidade de fotos Coloridas feitas até hoje deve ter ultrapassado em muito as P&B.

Assim, uma quantidade significante de fotos de filme feitas até hoje são P&B, mas quase a totalidade das fotos digitais são coloridas. Mesmo as fotos digitais em P&B são originalmente Coloridas, pois quase todos os sensores de câmeras digitais feitos até hoje são coloridos, e depois são convertidas para P&B, seja pela câmera ou por um pós-processamento.

Ainda existem fotógrafos que gostam de P&B, e como arte, existe o seu espaço, tal como o filme. A arte tem que ter toda a liberdade de sair da média, senão dificilmente é arte.

Então, por que um sensor digital P&B?

terça-feira, 15 de maio de 2012

Virada Digital Paraty 2012 - Final

Eu adorei o evento. Muito bom. Claro que pode melhorar. Assisti algumas palestras, e sempre foram legais.


O nome "Virada" foi meio errado, pois quase nada acontecia de madrugada, e este nome lembra "virar a noite". (Exceto umas pessoas que vi usando a Internet do lado de fora da tenda, na madrugada de domingo.) Poderiam deixar a sala de imprensa e a área de laboratórios (vou falar adiante) disponíveis 24 horas.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Virada Digital Paraty 2012 - Dia 3

De novo, acordei tarde, mas desta vez mais cansado ainda. É complicado acompanhar o evento com muita coisa acontecendo, e carregando um bando de equipamento.

Almocei e fui para o evento. Estava chuvoso.


domingo, 13 de maio de 2012

Virada Digital Paraty 2012 - Dia 2

Acordei tarde, pois fiquei catalogando e escrevendo o artigo até tarde. Então hoje resolvi usar outra estratégia. Levar o Notebook e não o Tablet.

Almocei e fui para o areal do Pontal, o epicentro do evento. No caminho tirei a foto da ponte, tal como ontem.


sábado, 12 de maio de 2012

Virada Digital Paraty 2012 - Dia 1

Acordei às 10:00, arrumei as últimas coisas e fui para o evento. Passei na Praça do Chafariz, onde tem uma tenda montada, envolvendo o Chafariz.


quinta-feira, 10 de maio de 2012

Fogo Fascinante Fogo

O fogo me fascina. O fogo fascina a humanidade, e acredito que desde antes da humanidade dominá-lo. O homem, desde as eras mais antigas, tenta dominar o fogo em todas as suas formas.

O fogo é uma das grandes forças da natureza.
O fogo é um dos 4 elementos.
O fogo pode ser difícil de controlar.
O fogo destrói.
O fogo constrói.
O fogo transforma.
O fogo esculpe.
O fogo renova.
O fogo cozinha.
O fogo assa.
O fogo aquece.
O fogo aconchega.
O fogo ilumina.
O fogo atrai.
O fogo assusta.
O fogo pode ser religioso.
O fogo acompanha oferendas.
O fogo pode matar aos poucos.
O fogo sinaliza.
O fogo conta a idade.
O fogo marca passagens.
O fogo comemora.
O fogo fascina.

Abaixo uma amostra da minha coleção de fotos sobre fogo, em várias de suas formas (Para quem está sem flash player, acesse aqui.):

sexta-feira, 4 de maio de 2012

O que fazer com as fotos que sobram?

É muito comum, e normal, tirar bem mais fotos do que o necessário, especialmente os fotógrafos da era da fotografia digital. Mas o que fazer com as "sobras¨, as fotos que não gostaram etc?

Inicialmente eu não gostei desta foto, pois o panning não ficou perfeito. A câmera estava configurada para subir o espelho 1 s antes, pois eu estava fazendo fotos com tripé, ficando assim com um tempo grande de blackout de visor, e consequentemente, eu não consegui acompanhar bem o barco. Eu não gostei da foto, por não ter ficado um panning nítido, mas vi gente que gostou, e creio eu, exatamente por isto. Tenho a impressão que o barco também oscilou verticalmente. E se excluir o fato que não é um panning nítido, a foto ficou realmente legal. (Foto tirada no Rio Perequê-Açú, em Paraty.)

Existem dois comportamentos, que costumam ser extremos, sem muitos meio-termos. Guardar, e apagar.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Como seria o notebook ideal para um fotógrafo?

Eu nunca vi um notebook perfeito para um fotógrafo. Até existem alguns bons. como os Apple Mac Pro. Mas ideal mesmo, que atenda a todas as necessidades, eu não vi.

Mas o que realmente seria necessário?

domingo, 22 de abril de 2012

A experiência de fazer uma cobertura fotográfica "ao vivo"

Ontem, dia 21/04/2012, fiz a cobertura fotográfica "ao vivo" da Marcha Contra a Corrupção. Eu fotografava e transmitia para o meu blog poucos minutos depois.


Era um evento que não chamou muita atenção, pois não tinha muita gente na passeata, mas aconteceu em vários lugares do Brasil no mesmo dia, o que acho que é inédito, ou quase. Eu realmente não esperava nada muito grande. Tinham as palavras de ordem, as rimas falando de alguns políticos (algumas com palavrões), inclusive a clássica "O povo unido jamais será vencido.", tinha gente panfletando etc. Inclusive alguém que parecia estar fazendo campanha pessoal. Mas se o movimento ficar nisto, só nestas passeatas, e não for além, ele estará morto e esquecido em breve.

Acho que as propostas deveriam ser mais levadas em conta, e fazerem algo mais sério. Se não me engano, se uma proposta de lei tiver mais do que um certo número de assinaturas, ela se torna lei sem passar pelo congresso. Por que não exploram isto?

Mas voltando à cobertura...

Marcha contra a corrupção

Foi criado um movimento chamado Dia do Basta à Corrupção para organizar um dia de passeatas por todo o Brasil exigindo medidas contra a corrupção de políticos.

Imagem de divulgação obtida no site do movimento.

As listadas aparecem abaixo:

  • Voto Aberto no Congresso
  • Pelo Fim do Foro Privilegiado
  • Corrupção - Crime Hediondo

Mas corrupção é muito mais do que isto.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Enfuse: Mais rápido e mais simples que um HDR, e por vezes melhor

Existe um programa muito pouco conhecido, o enfuse. Ele é rápido, simples de usar, e dá bons resultados.

Final da tarde de Paraty, vista da Ponte do Pontal em direção à serra.

Ele é muito mais rápido do que qualquer processamento de HDR, e não precisa de raw. Pode usar os JPEGs mesmo. A obtenção das fotos é igualzinho ao que se faz no HDR.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Flash fotográfico é para os fracos

Depois desta "trolagem" inicial, vamos falar sério. Tem situações, que as vezes até são bem complicadas, que NÃO se pode, e NEM se deve, usar flash. Então, o que você faz? "Fotógrafos de modo automático" possivelmente choram, chamam a mamãe, desistem, usam assim mesmo sem ligar para a boa educação e/ou as consequências etc (Pronto, "trolei" de novo. rs).

Passei por uma destas situações neste sábado (14/04/2012), e se eu usasse flash seria mais um dos tipos que critiquei aqui.

sábado, 14 de abril de 2012

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Como eu corrijo a cor da vela

A chama de uma vela gera uma cor muito avermelhada, com uma temperatura de cor muito baixa. Como vocês corrigem isto? Eu uso um truque muito simples e rápido.

Tal como saiu da câmera, com o equilíbrio de branco no AUTO.

domingo, 8 de abril de 2012

Usando uma 50mm F1.4 Ai-S na D90

Fonte: www.photosynthesis.co.nz
Este é um modelo de lente muito antigo, projetado para câmeras mecânicas e eletrônicas que aceitem sistema Ai. Ela não tem nenhuma eletrônica para conversar com a câmera.

Segundo o site www.photosynthesis.co.nz, este modelo foi fabricado entre Julho de 1981 e Dezembro de 2005. Confirmei o modelo da lente comparando o número de série do exemplar em minhas mãos com os listados, além de outras características (aparência, mm, diâmetro de filtro etc). Sei que é uma data muito vaga, mas já dá para saber de quando é o modelo.

Não deve ser das primeiras, mas também não deve ser das últimas, pois o número de série da que testei começa com 55 (55xxxxx).

domingo, 1 de abril de 2012

A melhor forma de fotografar é aleatoriamente

Um estudo conjunto entre uma uma faculdade de psicologia, uma de matemática e uma de fotografia provou que a melhor e mais prática forma de fotografar é aleatoriamente. Portanto é bobagem passarmos anos estudando fotografia, regras, técnicas etc.

Então o certo é ir apertando aleatoriamente varios botões da cāmera e o botao de disparo, que obterá os melhores resultados.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Por que câmeras não tem WiFi embutido...

Vi recentemente uma discussão se uma câmera poderia ter rede wireless embutida. Alguns fabricantes implementam como um dispositivo opcional, que liga na câmera, mas nenhum fornece câmera com WiFi embutido. A pergunta é por que?

domingo, 4 de março de 2012

Recuperando fotografias deletadas

Uma colega de trabalho me mandou uma mensagem por SMS me perguntando como se recuperava fotos apagadas em um cartão. Eu disse que existiam vários programas para isto, mas como não uso windows, eu não conhecia.

Depois dela pesquisar um pouco, ela perguntou se eu podia resolver isto para ela.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Mikronomicon

Peço desculpas aos meus fãs pelo sumiço, mas andei muito ocupado com muitas coisas (trabalho novo, mudança etc, e blog novo).

Resolvi criar um blog novo para publicar as "nerdices" de alto nível que eu estava afim de publicar, deixando este aqui limpo e livre de para fotografia e coisas mais leves. Como o novo blog já está meio recheado de artigos, resolvi fazer o anúncio oficial.

O nome veio de uma sugestão de um amigo, e pode ser entendido lendo o artigo inicial do blog.

Então lhes apresento o Mikronomicon. (Leiam o conteúdo deste blog por sua conta e risco, e não me responsabilizo pelas consequências.)

domingo, 5 de fevereiro de 2012

SOPA 2.0: Hoje é o grande dia...

Um dia, em um telejornal qualquer, num futuro dos EUA...

"
Boa tarde telespectadores. Hoje é um grande dia para a Democracia Americana. O pirata-terrorista Fredrik Neij, fundador do The Pirate Bay finalmente vai ser punido. Ele foi condenado à pena de morte por atos de pirataria-terrorismo, e esta noite ele vai ser executado.

Estão acontecendo protestos em várias cidades pelo país, mas a polícia está lidando com eles, dispersando-os com bombas de gás, balas de borracha, jatos d'água, e em Nova York e Los Angeles usaram munição letal e carros blindados. Alguns manifestantes ficaram feridos e centenas foram presos. Alguns imóveis e carros foram danificados. A pena para o apoio de pirata-terroristas é de 10 a 20 anos de prisão.

Para quem não se lembra do caso, Fredrik Neij foi preso graças à segunda versão da SOPA. A primeira não se mostrou completamente eficiente, então, no segundo governo republicano depois do democrata Obama, a lei foi revista, colocando os piratas no nível de terroristas, pois atentavam contra a Economia e a Democracia Americana.

A nova versão, ao classificar os piratas como terroristas, deu mais recursos para o governo agir, podendo acionar a CIA, FBI, e as forças armadas. Por exemplo, o Fredrik Neij foi preso com uma operação das tropas de elite em sua casa, na Suécia, sem a necessidade da colaboração do governo da Suécia, que o protegia desde que foi inocentado na apelação do julgamento por pirataria. Esta foi a primeira de várias operações realizadas em vários países do mundo para prender os pirata-terroristas.

Também foram presos falsos defensores da democracia, e o mais notório deles foi Richard Matthew Stallman, que foi condenado à prisão perpétua. Linus Torvalds continua foragido. O governo da Finlândia diz que ele não está lá, e cortou relações diplomáticas conosco. Eles ainda afirmam que qualquer aeronave americana que entre em seu território será abatida, o que leva a crer que ele está sendo protegido pelo governo finlandês.

Voltaremos mais tarde com mais notícias, e de noite transmitiremos ao vivo a execução do pirata-terrorista Fredrik Neij.

Boa tarde.
"

PS: Se alguém quiser fazer um vídeo desta "matéria jornalística", como se realmente estivesse sendo transmitida, me fale. Posso dar alguma ajuda na adaptação, e ainda quero ver o resultado. Quero os créditos como roteiro original ou algo parecido.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Rua 13 de Maio, 48 hostas depois

Hoje dei outro pulo perto da Rua 13 de Maio, no Centro do Rio. Na realidade passou um pouco das 48 horas depois. Seriam mais para 49 horas depois, mas isto pouco importa. Pode-se considerar este artigo como uma continuação do artigo "Dei um pulo no acidente da 13 de Maio".

Hoje a chuva me deu uma trégua por um tempinho, então foi mais fácil fazer algumas fotos, e andar por volta do local do desastre.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Dei um pulo no acidente da 13 de Maio.

Dei um pulo perto da Rua 13 de Maio, no Centro do Rio, onde caíram 3 prédios. Eu e a minha FZ28. Eu tenho uma câmera melhor, só que é maior, mais pesada e cara, e não dá para ficar andando com ela o tempo todo. Neste caso a boa e velha FZ28 é melhor. (Leiam Ultra Zoom e DSLR, como fazem parte da minha vida.)

Eu enfrentei chuva, e tive acesso restrito, o mesmo dos outros curiosos, com somente uma diferença, muito zoom na câmera. Algumas das imagens já impressionam um pouco.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Por que devemos estudar história...

... ou por que as leis de combate à pirataria (inclusive a SOPA, PIPA etc, inclusive parte da legislação brasileira) são ridículas.

sábado, 14 de janeiro de 2012

Miquinhos Tijucanos

Em uma parte da cidade altamente edificada existe um bosque escondido. Um bosque que quase ninguém vê. Quase ninguém sabe que existe. E neste bosque existem alguns miquinhos.

Estas sãos as fotos que tirei de alguns deles enquanto os moradores do local davam bananas para eles usando uma vareta.


segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Incêndio no Santander da Marechal Floriano

Por volta das 21:00 desta noite, dia 09/01/2012, os bombeiros combatiam um incêndio no escritório da agência do banco Santander na esquina da Av. Marechal Floriano com Av. Passos, no Centro do Rio de Janeiro. Como eu estava por lá com a minha FZ28, aproveitei para fotografar.

Abaixo estão as fotos: