Quem sou eu e o que este blog.

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Corrida de motos em Paraty - mostruário de fotos.

Atenção: Estes álbuns não estão mais disponíveis para consulta. Quem quiser adquirir alguma foto deste evento, favor entrar em contato.

Neste último final de semana, dias 27 e 28 de Abril de 2013, fotografei o etapa de Paraty da Copa Carioca Red Dragon de Veloterra 2013, organizado pelo Velo Praia Racing.

Foi uma experiência legal, mas poeirenta. A pista quase não foi molhada.

Tinham pilotos muito ousados. Poucas mulheres estavam pilotando. Mas uma das fotos mais interessantes foi a filha mandando o pai acelerar, e conversando com ela descobri que ela e o pai usavam a mesma moto para correr.

Estou colocando aqui as fotos à venda, e abaixo estão os mostruários. Eu posso ajudar aos interessados a acharem as suas fotos, desde que seja fácil identificar as suas motos. Muitas estavam sem número, então, nestes casos, não posso ajudar muito.

4 minutos ao luar - Reinício

Depois de quase dois anos de parado, retomei o projeto 4 Minutos ao Luar, mas ainda de forma um pouco tímida. Foram algumas fotos sem andar muito, mas já foi um reinício.



Aproveitei a cidade de Paraty vazia (meio de semana), a lua cheia com um céu parcialmente limpo, e a incompetência da Claro - que me deixou sem 3G e assim me impedindo de vender Fotografias Instantâneas 2.0 de noite - para retomar o projeto. Ou seja, aliei as condições astronômicas e climatológicas em um dia sem Internet.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

As trapalhadas da Operadora Claro em Paraty

Eu uso a Operadora Claro no meu tablet, e nunca tive muita queixa. Funcionava com falhas ocasionais. Mas os últimos 10 dias se tornaram um verdadeiro inferno. Ela praticamente não funcionou, e ainda estourou rotineiramente todos os prazos que davam para o reestabelecimento do serviço.

Como consegui usar para escrever isto? O modo Edge (GSM, 2G) funciona precariamente de madrugada, De dia não funciona, como vou colocar abaixo.

Todo aparelho 3G, quando não consegue localizar uma rede 3G, tenta operar em 2G, como modo alternativo. Só que o 2G não aguenta todo o tráfego dos usuários de 3G e seus usuários 2G juntos, e entra em colapso. É como pegar um daqueles trens de mil vagoẽs de minério e dezenas de locomotivas e tentar colocar num trilho de Ferrorama.

Eu uso o 3G do tablet para compartilhar com o meu notebook, e assim ter internet, e ainda para o meu serviço de Fotografia Instantânea 2.0. Eu ofereço na rua e nos bares e restaurantes de Paraty fotografia, mostrando no tablet, e entregando na hora por e-mail e por Bluetooth para celulares, tablets e computadores compatíveis. Isto também serve de contato para oferecer aulas de fotografia e vários outros serviços. Ele é a ponta de contato com as pessoas.

Usando a Internet do tablet no notebook mantenho o meu blog atualizado, e coloco fotos no meu perfil do Facebook, mantenho contatos etc. Eu me torno presente.

Ou seja, fui prejudicado de diversos modos, inclusive tomando prejuízo financeiro. No final de semana a cidade estava cheia, e eu não pude vender. Depois de um ponto o aborrecimento foi tão grande que comecei a anotar cada ligação, como nomes de atendentes etc.

Este texto pode ir sofrendo mudanças, atualizações, etc, a cada ligação feita, recebendo novas anotações.

Abaixo estão as anotações, cada vez mais detalhadas:

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Slow Sync versus Luz Ambiente

Eu tenho o gosto pela experiência, como alguns leitores habituais do meu blog devem ter notado. Então, depois de comprar um flash externo, antes de começar a usar para valer, fui fazer experiências para conhecê-lo.

Uma coisa que já tinha me passado pela cabeça, e já tinha até visto com o fash interno da câmera, era problemas com fotos em Slow Sync. Quem já experimentou já deve ter notado também problemas.

Fiz estas fotos na Praça do Pontal, em Paraty. Lá foi onde achei algumas flores.

Prioridade de Abertura, 1/60 s, ISO 200, F4, Flash iTTL.

sábado, 13 de abril de 2013

Como usar desconhecimento de um assunto para manipular opiniões

Conversando com uma amiga que não acreditava que o homem foi à Lua, ela fez uma pesquisa na Internet e achou este artigo: A Fraude do Homem na Lua.

O artigo usa fotografias da NASA como argumento que tem farsa na ida ao homem na Lua, mas os argumentos são enganosos, falsos, falaciosos.

Ele se baseia muito em crítica às fotografias, mas ele mesmo não conhece fotografia, luz, perspectiva etc, para fazer as críticas que faz. E quem não conhece fotografia, física e até desenho, pode cair nas falácias que ele usa. Ainda tem uma possibilidade pior, ele saber, mas criar intencionalmente uma mentira sensacionalista para chamar a atenção para ele.

Abaixo vão algumas das minhas críticas.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Fotômetro é só referência

O fotômetro foi uma das grandes ferramentas que vieram para ajudar o fotógrafo, mas algumas pessoas se deixaram serem escravizadas por ele. Como assim?

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Posição do flash e difusor - Resposta

Eu lancei um desafio para ver quem descobre as diferenças em 3 fotos feitas apontando o flash diretamente e usando o difusor omnibounce apontado para o céu em lugar aberto. Quem descobre qual é qual.

Abaixo as respostas:

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Posição do flash e difusor - Desafio

Já vi muita gente usando o difusor no flash, daquele pequeno que encaixa na frente da lâmpada do flash, e apontando diretamente para cima em um lugar aberto.

Isto normalmente indica um não conhecimento do comportamento da luz, pois aquele difusor é para usar em ambiente fechado e de paredes claras, para rebater a luz por todos os lados. Por isto que ele é chamado de omnibounce.

Então fiz uma experiência.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Fotografando MRUA - Execução

Para entender este artigo é fortemente aconselhável ler o artigo Fotografando MRUA - Planejamento. Ele explica as bases teóricas desta experiência.

A execução da experiência foi tosca, muito tosca. Mas como as leis da física não mudam, não importando quão tosca seja a experiência, as fotos são válidas.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Luzes no céu e o silêncio das autoridades

Nenhuma autoridade se manifestou até o momento sobre estas luzes fotografadas no céu, e dificilmente se manifestarão. Para eles isto não é assunto importante, e que deve ser esquecido.


Esta fotografia não é inédita. Ela já foi divulgada antes, e nenhuma autoridade se manifestou.