Quem sou eu e o que este blog.

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Alguns minutos com uma Nikon D600

No Paraty em foco eu pude pegar uma Nikon D600, e até testá-la, com uma lente 85mm F1.4 D, e um pouquinho com uma lente 12-24mm. Gostei muito da câmera, muito ágil, boa qualidade de imagem etc.

Foi um teste rápido, sem poder salvar imagens, pois a câmera estava no modo demo. Mas a impressão foi muito boa.


Parte das comparações serão com a D90, que é a câmera que eu tenho e estou acostumado a usar, mas a câmera mais parecida com a D600 é a D7000, tanto é que uma descrição para a D600 é: "Uma D7000 Full Frame".

Autofoco

Ela tem uma boa quantidade de pontos de foco, bem pequenos, menores que os da D90, não completamente espalhados pela imagem, sem cobrir toda área da imagem, mas cobrem bem mais área que os da D90. É um grande salto dos 11 pontos da D90 para os 39 pontos de foco da D600. Mas é tão fácil de escolher o ponto de foco quanto na D90. Fica bem visível no visor.

O foco é muito ágil, muito rápido, e me pareceu muito preciso. Claro que a lente ajuda. A impressão foi muito boa.

Blackout

Blackout é o tempo que o visor fica "apagado", por que o espelho está levantado para fazer a foto. Na D600 é um piscar de olhos. Muito rápido. Mas no modo quiet, o modo silencioso, quando ela fica menos barulhenta, este tempo é bem maior, e bem mais perceptível.

Ruído

Eu só pude fazer poucos testes de ISO alto, mas gostei do que vi. O ruído pareceu baixo com sensibilidades bem altas. Menor que o da D7000 e bem menor que o da D90, mas foram muito poucos testes.

Conforto

Eu me senti muito confortável com ela. Ela tem um bom peso e um bom equilíbrio. Consegui fazer fotos nítidas com tempos de exposição razoavelmente longos com a lente 85mm. Os botões eram de fácil acesso, pelo menos para mim.

Tal como eu me acostumei instantaneamente com a D7000 quando experimentei-a, aconteceu com a D600. Acho que se eu não puder comprar uma D800, eu compro uma D600. Já é um salto grande em relação à D90, e bem maior do que para D7000.

A lente 85mm F1.4

Adorei a lente, o seu desfoque, a sua imagem etc. Me pareceu muito nítida. Faz foco bem rápido na D600. Pena que foi um tempo curto sem poder salvar as fotos. Excelente para retratos.

Conclusão

Adorei a câmera, mas o tempo que pude usá-la foi curto. Foram dois momentos de alguns minutos. Adoraria passar pelo menos um dia com uma, e podendo guardar as fotos que fiz.

Quem tem uma D90 ou superior, e a explora bem, se adapta rapidamente à D600.

A Nikon, lançando uma câmera intermediária Full Frame, me faz pensar em qual destino terão as câmeras DX. Será que a D300s, a D90 e a D7000 terão sucessoras, ou a Nikon quer terminar estas linhas?

Muito obrigado ao pessoal da Nikon, que me permitiu experimentar a D600.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, você que tem uma D90 e já teve oportunidade de testar uma D7000, viu muita diferença de ruído em ISOS altos? Tenho uma D90 e fotografo esportes em ambientes pouco iluminados com uma 80-200mm f/2.8 com ISO 3200 (com pouco ruído, ou pelo menos, aceitável para mim), mas às vezes gostaria de um ISO maior.

      Excluir
    2. Testei a D7000 por pouco tempo, mas me pareceu bem melhor, com bem menos ruído. Claro que uma Full Frame é melhor ainda.

      Mas está para sair a sucessora da D7000, que espera-se ter um sensor igual ao da D5200, ou melhor. No link abaixo tem uma comparação entre a D90, a D7000 e a D5200 (Assumindo que será o mesmo sensor da sucessora da D7000.):

      http://www.dxomark.com/index.php/Cameras/Compare-Camera-Sensors/Compare-cameras-side-by-side/%28appareil1%29/850|0/%28brand%29/Nikon/%28appareil2%29/680|0/%28brand2%29/Nikon/%28appareil3%29/439|0/%28brand3%29/Nikon

      Excluir