Quem sou eu e o que este blog.

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

domingo, 22 de abril de 2012

A experiência de fazer uma cobertura fotográfica "ao vivo"

Ontem, dia 21/04/2012, fiz a cobertura fotográfica "ao vivo" da Marcha Contra a Corrupção. Eu fotografava e transmitia para o meu blog poucos minutos depois.


Era um evento que não chamou muita atenção, pois não tinha muita gente na passeata, mas aconteceu em vários lugares do Brasil no mesmo dia, o que acho que é inédito, ou quase. Eu realmente não esperava nada muito grande. Tinham as palavras de ordem, as rimas falando de alguns políticos (algumas com palavrões), inclusive a clássica "O povo unido jamais será vencido.", tinha gente panfletando etc. Inclusive alguém que parecia estar fazendo campanha pessoal. Mas se o movimento ficar nisto, só nestas passeatas, e não for além, ele estará morto e esquecido em breve.

Acho que as propostas deveriam ser mais levadas em conta, e fazerem algo mais sério. Se não me engano, se uma proposta de lei tiver mais do que um certo número de assinaturas, ela se torna lei sem passar pelo congresso. Por que não exploram isto?

Mas voltando à cobertura...

Demorava alguns segundos para a foto ser transmitida para o Tablet, e tinham vezes que parecia ser mais de um minuto. Foi complicado andar, fotografar, escolher a foto, colocar logotipo, enviar para o Picasa e às vezes para o Twitter (O meu Twitter está conectado ao Facebook, para replicar as mensagens lá, simplificando as publicações.). Fazer isto tudo, com a mochila na frente, largando o Tablet dentro da mochila para fotografar, e óculos com alça também para dar nó com a alça da câmera (quase me enforcando). E ainda acompanhar a passeata.

A sorte é que deixei o artigo semipronto, para só publicar, com o álbum do Picasa criado, e muita coisa testada, mas mesmo assim tive algumas dificuldades iniciais, como achar o álbum para fazer a primeira transmissão de fotos. Em parte por que cheguei em cima da hora.

Então, deixar muita coisa previamente pronta foi fundamental para o sucesso da cobertura. Segundo, um assistente para fazer as colocações de logotipo e o envio das fotos que eu escolhesse, escrevendo a legenda que eu pedisse, teria agilizado o processo. Eu poderia fotografar mais, e enviar mais fotos. Terceiro, o caminhar também disputou a minha atenção. Teria sido mais prático com um avento parado.

O tempo nublado ajudou a ver a tela do Tablet, pois não sei se conseguiria ver alguma coisa no sol. Mas as gotas que caíram atrapalharam, me fazendo dar uma pausa, e a chuva forte depois encerrou a "transmissão fotográfica ao vivo". Tive que me abrigar e parar tudo.

Deu para tirar várias lições, testar várias ideias, fazer fotos legais etc. Considero um sucesso, mas trabalhoso de fazer sozinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário