Quem sou eu e o que este blog.

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

sábado, 19 de março de 2011

4 minutos ao luar - Ciclo 2, dia 1

Continuando o meu projeto "4 minutos ao luar", saí na noite de sexta-feira, dia 18/03/2011, já que estava uma linda lua. Para quem não viu o artigo anterior sobre o assunto, pode clicar aqui, pois ele explica melhor a ideia, além de ter mais fotos.

Esta noite comecei do ponto onde acabou a bateria acabou no ciclo lunar anterior. Eu fazia a foto abaixo quando acabou a bateria na vez anterior.

Praia do Jabaquara, foz do Rio Jabaquara, e Morro do Forte.

E as próximas duas estavam planejadas quando acabou a bateria.

A lua também gera sombras e luz dura.

Dá para ver que a maré estava muito baixa.

E as seguintes são completamente novas.

Detalhe da paisagem acima.

Um outro ângulo da primeira cena da noite.

Fazendo uma perspectiva da praia em direção da foz do Rio Jabaquara.

A maré está começando a subir, mas a água ainda está parada o suficiente para ter reflexos nítidos.

 
Achei que a canoa ia ser um elemento interessante, e foi. Nota, a maré estava subindo e já apareciam algumas ondas, o que fez com que a canoa não tivesse um reflexo nítido. Minutos depois a canoa desencalhou do lodo da praia, e começou a flutuar. Mais alguns minutos esta foto não seria mais possível.

Fotos suicidas. Estas fotos foram tiradas de cima da ponte da Jabaquara, mencionada e fotografada no ciclo anterior. Eu tinha pensado em tentar com a prefeitura o bloqueio da ponte, mas acabei dando uma de suicida. A ponte tem duas calçadas de faz de conta, de uns 40 cm, se muito. Abri o tripé com as pernas encolhidas e subi a coluna, para garantir que a câmera estaria acima da mureta. Fiquei dividindo o lugar com o tripé e a câmera, enquanto passavam carros e motos. Alguns motoristas diminuíam, mas outros não estavam nem aí.

A vegetação e a serra ao fundo. A vegetação está amarelada pela iluminação pública.

A vegetação, o Rio Jabaquara e a serra ao fundo. A vegetação está amarelada pela iluminação pública.

A vegetação, o Rio Jabaquara e a serra ao fundo. A vegetação está amarelada pela iluminação pública.

Nas duas últimas fotos pode-se notar uma sutil diferença no nível da água, causada pela subida da maré.

Vou tentar fazer mais fotos esta noite, se o tempo deixar.

PS: Fiz uma com filme, mas  temos que esperar a revelação para saber se ficou boa.

Um comentário:

  1. A janela deste ciclo acabou, e só deu para aproveitar uma noite. Foi uma noite proveitosa, mas uma noite só. No resto das noites, ou foi chuvosa, ou muito nublada.

    Nesta noite a luz da cidade inteira apagou, mas não deu para aproveitar. Como foi algo eventual, eu não estava equipado e nem em um bom lugar. Talvez tivesse dado para fazer uma foto, se eu estivesse pronto.

    ResponderExcluir