Quem sou eu e o que este blog.

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

SLRs em ação, por dentro

Muita gente tem curiosidade de ver como é uma SLR em ação, com ela funcionando visto por dentro, e alguns usuários do YouTube fizeram alguns vídeos satisfazendo esta curiosidade.

Acho que estes vídeos podem ajudar a entender o que eu quis dizer no artigo Alguns recursos desejados por mim em uma câmera sobre Fast Burst e Fast Bracketing.

Abaixo vai uma pequena coleção deles.

Este vídeo é bem interessante, pois cada disparo tem um tempo de exposição diferente. Este deixa bem claro que, dependendo do tempo de exposição, o sensor/filme não fica todo exposto à luz ao mesmo tempo (cortina vertical):



Este fez um vídeo mais animado e com mais efeitos, mas mostra cada exposição com um tempo diferente (cortina horizontal):



Este outro é de uma câmera de filme, e com um tempo de exposição razoável para a velocidade em que foi filmado (cortina vertical):



Neste vídeo aparece um caso no qual o filme fica todo exposto à luz por um bom tempo (cortina vertical):



Este mostra uma Panasonic G1, uma câmera sem espelho, que funciona por live view tal como a compactas e as ultra-zoom, mas que troca as lentes como uma SLR. O sensor tem que ficar exposto para se ter a imagem no visor eletrônico, mas ele é fechado, e depois aberto fazendo a exposição pelo tempo de exposição medido, e finalmente reaberto para fazer o live view. (cortina vertical)



O usuário lachland3 do YouTube tem um trabalho muito interessante de demonstração de funcionamento de câmeras. Mas todo o trabalho dele se baseia em tempos de exposição muito curtos, i.e., velocidades muito altas. Em todos os casos o sensor fica só parcialmente exposto de cada vez. Dá para ver uma pequena brecha entre as duas cortinas que se movem, e é por esta brecha que entra a luz para o sensor/filme.

Ele fez questão de mostrar o comportamento do diafragma da lente, o que é muito interessante. Em alguns dos vídeos dá para ver o acionador do diafragma em ação no corpo da câmera. No vídeo da Nikon D3 ele é uma alavanca à esquerda, dentro da câmera, com movimento vertical, que está fora de foco, mas no vídeo da Nikon F2 esta alavanca está bem visível.

Página do usuário no YouTube:

http://www.youtube.com/user/lachland3

Abaixo os vídeos:

Nikon D3, Cortina vertical:


Nikon F2, cortina horizontal:



Nikon F5, cortina vertical:



Nikon D80, cortina vertical:



Canon 5D, cortina vertical:



Pentax K10D, cortina vertical:



Espero que estes vídeos possam esclarecer muitas dúvidas, e dar uma luz no entendimento de como as câmeras funcionam... rs

3 comentários:

  1. Amei o blog estou seguindo,
    segue o meu tbmm?



    http://brunathamilesramos.blogspot.com/


    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Achei um vídeo interessante, bem feito, mostrando o obturador de uma Nikon D3s em ação.

    http://www.youtube.com/watch?v=0dVmGVa3Rbw

    ResponderExcluir