Quem sou eu e o que este blog.

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Maré Alta em Paraty fora do Centro Histórico

A maré alta em Paraty inundando as ruas não é exclusividade do Centro Histórico. Quando a maré sobe muito, outras áreas da cidade, fora do Centro Histórico, também enchem.

Estes alagamentos fora do Centro Histórico não são encarados da mesma forma, pois não são encarados como um charme da cidade. São encarados por muitos como inconvenientes e já vi gente falando que a prefeitura deveria tomar providências para que não ocorressem. Acredito que estas providências seriam difíceis, e envolveriam elevar as calçadas e/ou as ruas.

Abaixo algumas fotos comentadas.

Passarela sobre o Rio Perequê-Açú. Aqui a água entra pelo escoamento que leva a água da chuva para o rio. A passarela não fica totalmente cercada, pois tem um caminho alto ao lado, de onde foi feita esta foto, mas o acesso bem de frente, com a rampa para bicicletas, fica inundado pela maré.


Aqui é bem no meio da cidade, na Patitiba ou perto. A água aqui veio por um rio canalizado. Aqui realmente a maré alta se torna um inconveniente aos moradores, e calçadas mais altas ajudariam.

Aqui é bem no meio da cidade, na Patitiba. A água aqui veio por um rio canalizado e pelo escoamento de águas pluviais. Esta rua é transversal à rua da imagem anterior.

A água e um bueiro de escoamento de águas pluviais.

A água e um bueiro de escoamento de águas pluviais.

Patitiba, bem na borda do Centro Histórico.

Outro ângulo da cena anterior.

Uma pequena rua na Patitiba que tem um pouco o estilo do Centro Histórico, e talvez só não faça parte do Centro Histórico por que não se liga às outras ruas dele.

Outro ângulo da mesma cena, na Patitiba.

Aqui é em frente da "Feirinha", na Patitiba, na fronteira do Centro Histórico. Em 2006 tiveram algumas marés altas que inundaram bastante este ponto.

Esta rua é na fronteira do Centro Histórico. O chão é construído da mesma forma. Ao fundo está o Rio Parequê-Açú. Em marés mais altas esta rua fica toda inundada.

Estas fotos foram tiradas em um Domingo, dia 17 de Abril de 2011, com uma maré de 1.30 m, segundo esta tábua de marés da Marinha do Brasil.

Em 2006 cheguei a ver marés bem mais altas, que inundaram bem mais ruas, em um nível bem mais alto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário