Quem sou eu e o que este blog.

Minha foto

Sou viciado em computação, Internet e Fotografia. Morei por quase 6 anos, e ainda frequento, Paraty. Sou usuário de softwares Open Source, tendo dado algumas contribuições em diversas ocasiões.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Fotografia analógica morreu, merecidamente

Sim, a fotografia analógica morreu, mas teve o seu papel importante na história, mesmo que muito curto. A digital a matou com MUITAS vantagens.

Já sei, você quer me matar, depois de ler o parágrafo acima. Se sim, você realmente não sabe o que é fotografia analógica, e tem que ler o resto.

Nem sempre o oposto de digital é analógico

Fotografia de filme não é, e nunca foi, analógica. Ela perdeu importância em quantidade, em facilidade de encontrar onde se revele e amplie, em facilidade de conseguir material, mas não morreu. Ela está muito viva como um segmento especial de fotografia. Agora ela é quase fotografia de elite, tal como preto e branco devia ser na década de 1990.

Na década de 1980 surgiram as primeiras câmeras eletrônicas, que registravam uma imagem estática, mas elas pareciam mais com uma câmera de vídeo, e um gravador de vídeo que gravava um quadro só, do que as atuais câmeras digitas. A mais marcante na época foi a MaViCa da Sony, que aparentemente foi a primeira a ser comercializada em larga escala. As primeiras MaViCa (Magnetic Video Camera) eram mais parecidas com uma câmera de vídeo, mas capturando um quadro só, e gravavam em um disquete especial, com capacidade de 50 imagens. Depois era necessário um outro aparelho para ver a imagem na TV. Eram imagens analógicas em NTSC.

As primeiras câmeras digitais superaram estas primeiras câmeras, que eram analógicas. Entre elas estava a MaViCa FD, que gravava em disquetes comuns, para ver a imagem no computador.

Então são 3 tipos de fotografias, a de Filme, a Analógica (que atualmente é mera peça de museu, mas foi uma etapa importante de transição para as atuais digitais) e a Digital.

Portanto, fotografia analógica não existe mais. A de filme se tornou algo especial (eu mesmo gosto de fotografar com filme), com seus adeptos. E a digital se tornou o comum.

Bibliografia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mavica
http://en.wikipedia.org/wiki/Sony_Mavica

http://www.digicamhistory.com/1980_1983.html

http://www.digicamhistory.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário